PALAVRA PASTORAL

"Esse é o local que os pastores nos abençoam com pregações que tem impactado pessoas a cada semana no Ministério Atos de Cristo. Clique na mensagem que você deseja ler e seja edificado através da poderosa palavra de Deus".

Vivendo o Sobrenatural (Pr.Atlher Moreira)

Texto: Mateus 14.28-33

As experiências sobrenaturais estão se tornando cada vez mais escassas. Entende-se por sobrenatural todo e qualquer fenômeno que não tenha uma causa natural, ou seja, esses acontecimentos são causados em uma realidade além da física (mundo espiritual), mas se tornam evidentes no mundo físico. Resumindo: é coisa de crente avivado irmão! Crente que sabe que existe algo muito mais amplo do que a realidade natural das coisas. Contudo, nos dias atuais existe uma busca evidente pelas coisas naturais. O quanto temos e a posição que ocupamos muitas vezes acabam criando um falso estado de “homem de Deus”. O apóstolo Paulo nos ensina algo sobre as coisas que não se veem: “Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.” (II Coríntios 4.18). Quando foi a ultima vez que um crente chegou pra você e disse alguma coisa do tipo: “Estou buscando o sobrenatural de Deus na minha vida pastor!”, “Deus me usou de forma sobrenatural para curar alguém que estava em estado terminal!”, “tive uma revelação dada por Deus e aconteceu do mesmo jeito que ELE me revelou!”, “coloquei as mãos sobre alguém possesso e expulsei o espírito maligno!”, “pastor, pastor Deus me usou para ressuscitar uma pessoa!” Sinceramente, não me lembro a ultima vez que um crente me impactou por tais declarações. Talvez a maioria das pessoas que lotam as igrejas todos os domingos ainda não tiveram uma experiência sobrenatural com Jesus Cristo. O texto que vamos abordar hoje não trata de nenhuma situação mencionada acima. Fala de um fenômeno ainda menos comum. Afinal, andar sobre as águas em direção a Jesus não é algo que se vê todos os dias. A experiência sobrenatural de Pedro contém importantes ensinamentos sobre como viver o sobrenatural de Deus em nossas vidas. Talvez você não viva a experiência que Pedro viveu (andar sobre as águas), mas com certeza, você pode viver uma experiência única e pessoal com esse Deus que age de forma poderosa na vida daqueles que o buscam.

O desejo e o pedido de Pedro (v.28)

A primeira coisa que se precisa para conquistar algo é o desejo. Ele é o ponto de partida para todas as aquisições que fazemos. Pedro deseja viver algo sobrenatural com Jesus e pede isso ao Senhor. Você que está lendo essa mensagem também pode viver algo sobrenatural com Jesus. Basta você desejar e pedir isso ao Senhor. Como diz a palavra:

“Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á”. (Mateus 7.7-8)

O convite a Pedro (v.29)

Quando desejamos e pedimos Deus diz: Vem filho, viva comigo o sobrenatural. Foi isso que o Senhor disse para Pedro: Vem! É isso que ELE está dizendo pra você: Vem meu filho!

“E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede.” (João 6.35)

A ousadia e fé de Pedro (v.29)

Pedro acreditou no convite de Jesus e viveu algo sobrenatural. Fé, ousadia e atitude foram características essenciais para Pedro viver aquilo. Acredite irmão, mova-se, Deus vai usar você de forma tremenda.

“Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.” (Filipenses 4.13)

A visão errada do sobrenatural (v.30)

Quando vivemos grandes experiências com Deus precisamos dobrar a vigilância e guardar o nosso coração. Digo muito quando estou pregando na igreja: é melhor terminar bem do que começar bem e perder o foco. Pois bem, foi isso mesmo que faltou a Pedro: foco. Toda essência do sobrenatural vem de Deus. Nunca podemos deixar de olhar pra Ele e, acima de tudo, entender que somos apenas canais. Desta forma, a glória deve ser direcionada única e exclusivamente para o Senhor Jesus. Amado(a) irmão(ã), é aí que muito crente se perde. Vive o sobrenatural, mas deixa de olhar para Cristo.

“Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.” (Hebreus 12.2)

Consequência da visão errada (v.30)

O problema maior é sempre a consequência da perda do foco. Esse resultado é o naufrágio de muitos ministérios. Se você está lendo essa mensagem e dizendo: “Deus já me usou várias vezes de forma sobrenatural”, “Eu já vivi experiências incríveis”. Então amado(a), vigia, guarda o teu coração e não perca o foco.

O clamor por ajuda em meio à dificuldade (v.30)

Não importa em qual situação você esteja, Deus sempre irá te ajudar. Só que pra que isso aconteça o seu pedido deve ser sincero. Se você já foi usado poderosamente e perdeu o foco saiba: Deus vai te ajudar. Se você precisa hoje de algo sobrenatural saiba: Deus vai te ajudar!

“E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.” (Salmos 50.15)

A glória pelo sobrenatural sempre deve ser de Jesus (v.32-33)

Toda a glória deve ser dada a Jesus. Em todas as circunstancias. Quando você viver algo sobrenatural em Deus, não se esqueça de glorificá-lo.

“E, quando subiram para o barco, acalmou o vento. Então se aproximaram os que estavam no barco, e adoraram-no, dizendo: És verdadeiramente o Filho de Deus.” (Mateus 14.32-33)

Que Deus te use de forma sobrenatural nesses dias!

Pr.Atlher Moreira
Ministério Atos de Cristo
“Nele vivemos, e nos movemos, e existimos”

Crente avivado: Usado para salvar (Pr.Atlher Moreira)

Texto: Atos 16.23-34

O crente avivado é liberto na alma. A situação adversa pode parecer gigantesca e sem saída, mas ele sabe no seu intimo que o Deus a quem ele serve não vai abandoná-lo. Nesse texto, a Bíblia conta a história de dois crentes avivados: Paulo e Silas. Esses dois formavam uma dupla extremamente ousada e usada pelo Senhor. Na Macedônia, eles haviam sido usados por Deus para anunciar o evangelho e batizar Lídia e toda sua casa. Da mesma forma, expulsaram o espírito maligno de uma jovem que adivinhava e dava lucro para seus senhores. Por serem instrumento de Deus para a libertação daquela jovem, foram lançados na prisão. É irmão(ã) se você está lendo essa mensagem saiba de uma coisa: a vida de um crente avivado não é fácil, porém o testemunho dessa dupla não acaba aqui. Deus estava prestes a usar novamente a vida deles para causar mais uma conversão e transformar poderosamente a vida de um homem e sua família. Vejamos alguns pontos importantes do encontro de Paulo e Silas com o carcereiro daquela prisão:

PAULO E SILAS

Eram crentes avivados e não movidos pela circunstância: “E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam”. V.25

Crentes assim vivem o sobrenatural de Deus: “E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos”. V.26

Foram usados por Deus para salvar vidas: Esse dois homens de Deus foram decisivos na conversão do carcereiro daquela prisão.

O CARCEREIRO

Era o responsável por mantê-los no cárcere: “E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança”. V.23

Ele estava envolvido naquela injustiça: O fato é que Paulo e Silas estavam presos por expulsarem o espirito maligno de uma jovem que era explorada por seus senhores. Isso não é um crime, logo aquela prisão era injusta. Agora imagine você na situação carcerária de hoje. Quando vemos na televisão os presos sendo colocados em condições sub-humanas em pleno século 21 fazemos uma comparação de como foi o cárcere de Paulo e Silas naquela época. Eles foram até amarrados no tronco: ”O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco”. (V.24). Realmente além de serem presos injustamente, Paulo e Silas estavam passando por uma situação que beirava a crueldade. E tudo isso por amor ao Senhor! Que ensinamento tremendo!

Era seguro de si: Em meio a esse contexto aquele homem dorme. Isso mostra que ele era seguro e não se comovia com aquela situação.

Ele desperta com um acontecimento que quebra sua rotina: ”E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos”. V.26

Ao se deparar com o fracasso perde toda sua expectativa e tenta se matar: “E, acordando o carcereiro, e vendo abertas as portas da prisão, tirou a espada, e quis matar-se, cuidando que os presos já tinham fugido”. V.27

Ele se prostra e pergunta sobre a salvação: “E, pedindo luz, saltou dentro e, todo trêmulo, se prostrou ante Paulo e Silas e, tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar?”. V.29, 30

Creu na Palavra, foi batizado e viveu a transformação de Deus, juntamente com toda sua família: “E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa. E lhe pregavam a palavra do Senhor, e a todos os que estavam em sua casa. E, tomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite, lavou-lhes os vergões; e logo foi batizado, ele e todos os seus. E, levando-os à sua casa, lhes pôs a mesa; e, na sua crença em Deus, alegrou-se com toda a sua casa”. V.31-33

Ao ler esta mensagem você pode estar na mesma situação de Paulo e Silas. Crente fiel que no momento está passando por tribulação, cercado pelas adversidades e preso em uma situação injusta. Então meu irmão(ã) faça como eles. Ore, louve e não perca a sua fé! O “de repente de Deus” vai te alcançar! ELE vai abrir a porta pra você e romper com todas as cadeias! Prepare-se para entoar o hino da sua vitória!!

Você também pode estar vivendo a situação daquele carcereiro. Uma vida sem sentido, fracassada e sem esperança alguma. O que eu tenho pra te dizer? O mesmo que disseram Paulo e Silas: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e tua casa. Hoje é o dia que Deus quer transformar a tua realidade!

Deus vos abençoe!

Pr.Atlher Moreira

Ministério Atos de Cristo

“Nele vivemos, e nos movemos, e existimos”

Vencendo as impossibilidades (Pr.Atlher Moreira)

Texto: Marcos 2:1-12

Poucas coisas são piores do que não poder fazer o que todo mundo faz. Essa sensação é extremamente difícil de lidar e conviver. Durante a nossa vida passamos e vamos passar por várias situações de incapacidade e impossibilidade. Uma das frases mais dolorosas que um ser humano pode dizer é: EU NÃO CONSIGO!! Quando não conseguimos fazer, realizar, suportar, ajudar e/ou alcançar algum objetivo, somos visitados por um sentimento horrível de incapacidade. Observamos em Marcos 2.1-12 um homem que há muito tempo acordava e dormia com essa sensação. O paralítico de Cafarnaum.

A fama de Jesus percorria o país inteiro. As Multidões correm até Ele. Por quê? Porque ele cura. Inicialmente, buscam Jesus porque ele cura. Da mesma forma, a procura acontecia pelo alimento, libertação, esperança, curiosidade ou questionamentos que só Cristo poderia corresponder ou esclarecer. Enfim, existem muitas respostas para o motivo da procura por Cristo. Então eu pergunto a você que está lendo essa mensagem: Qual o seu objetivo na busca por Jesus?

Gostaria de esclarecer uma coisa: Jesus não quer somente te curar e remover toda a incapacidade que te assombra, mas Ele quer transformar a sua vida e mudar a rota do seu destino! Vejamos um exemplo dessa verdade, através de cinco pontos destacados abaixo:

I. O paralítico

a) Estava totalmente desamparado e não podia ir sozinho
b) Era completamente dependente e foi carregado por seus amigos

c) Os verdadeiros amigos te conduzem para o bem

d) Estava interiormente e exteriormente na miséria

II. Os amigos do paralítico

a) Eram cheios de amor fraternal
b) Tiveram grande fé
c) Estavam em quatro, um sozinho não conseguiria nada – v.3
d) Eram em seu amor, criativos e incansáveis – v.4

III. Os questionadores          

a) Irritaram a Jesus – v.8
b) Viram o poder de Deus na vida do outro – v.12
c) Estavam perto de Jesus, ouviam Jesus, mas não foram transformados em nada.

IV. Jesus, o Grande Redentor

a) Ao primeiro olhar viu a fé dos carregadores – v.5
b) Depois olhou o enfermo – v.5
c) A fala amorosa de Jesus: “Filho” – v.5
d) Seu maior ato de amor: O perdão dos pecados – v.5

Imagine um homem paralítico que está diante de Jesus sabendo que ele o vai curar. “Eu vou me levantar”, deveria estar pensando. “Jesus vai ordenar e eu vou me levantar.” “Jesus tem poder de me curar”. “Ele tem poder de me tirar desta prostração e de me levantar”. Foi para isso que os amigos o levaram até Jesus. Mesmo enfrentando todas as dificuldades para chegar onde o Senhor estava. E os amigos foram fiéis. Os amigos não mediram esforços para o carregarem por todo o trajeto até a casa onde Jesus estava. Não mediram esforços para subir ao terraço, para desmanchar o teto e fazer descer a maca até onde Jesus estava. Aos seus pés o puseram. Jesus de forma surpreendente olhou bem nos seus olhos e perdoou seus pecados. Até o paralítico deve ter ficado espantado! Ele deve ter pensado: Eu necessito andar e Ele perdoa os meus pecados? Meu amado (a), antes de uma grande transformação exterior, Deus quer primeiro perdoar o seus pecados, tratar suas emoções e relacionamentos, fazendo da sua vida um testemunho da transformação verdadeira causada por um encontro único com ELE!

e) A palavra poderosa de Jesus: “Levanta-te e anda” – v.11

V. A multidão perplexa

Aquele que foi trazido carregado por quatro homens, agora carregava a sua própria cama! NUNCA VIMOS TAL COISA! Dizia a multidão. A ação de Deus na sua vida vai surpreender muita gente! PREPARE-SE.

Pr.Atlher Moreira

Ministério Atos de Cristo

“Nele vivemos, e nos movemos, e existimos”